Discussão acalorada sobre pirataria, sw livre e sw proprietário…

Esse post foi aplicado num forum interno do Centro Educacional Claretiano, onde estavamos discutindo o que é melhor: Software livre ou Software proprietário…

Um colega levantou a bola dos softwares com “tapa-olho e papagaio”…

Segue um pouco sobre o que eu penso do assunto:

—-

Você investe um tempo precioso no desenvolvimento de um sistema computacional, um produto (isso sem considerar o $$$), coloca ele no mercado e, pimba! Algum espertalhão faz cópias não autorizadas e começa a distribuir na rua … a preço de uma mariola mordida.

Esse dinheiro além de atrapalhar o SEU merecido retorno do investimento feito, vai pro bolso de um LADRÃO (nome genérico para quem FURTA ou ROUBA qualquer bem…)
Quem compra itens furtados ou roubados é INTERCEPTADOR.

Interceptador e ladrão = Criminosos.

Tanto faz se eu desvio milhões para uma conta na suiça ou se eu afano um alfinete, o nome é o mesmo, LADRÃO.

Como vamos cobrar idoneidade de nossos representantes (deputados, senadores, presidente, governador, prefeito, etc) se somos coniventes com atitudes criminosas ainda que pareçam minúsculas?

Entendo que o preço das licenças é alto considerando o padrão do  "home user" brasileiro.

Isso é culpa da política econômica e tributária vigente no nosso país.

Não é utilizando sw pirata que vamos combater a origem desse problema. É NO VOTO!

Para um PROFISSIONAL da computação (e é isso que somos ou seremos após a colação de grau) aceitar este tipo de coisa (roubo de nosso trabalho) é, no mínimo, DESMERECER o nosso ganha-pão.

Ok. se não pode comprar a licença, é melhor aplicar uma solução alternativa 🙂

usar sw livre é melhor do que utilizar sw pirata.

Não estou defendendo o sw proprietário (apesar de ser partidário do sw proprietário por diversos motivos).

Insisto que é melhor usar uma distribuição de Linux FREE do que um Windows pirata.

Mas há de se considerar que nem todas as funcionalidades existentes no windows ou no office estarão disponíveis se a escolha for o linux, openoffice et al.

A ideologia do GNU é muito bonita… em passárgada.
Na prática, soluções que demandam maior criticidade tem recorrido a sw proprietário por sua estabilidade, economia geral na implantação de uma solução e um ciclo de vida (atualizações, manutenções) muito bem definido em termos de longo prazo.

A propósito, há ferramentas de desenvolvimento gratuítas (http://www.microsoft.com/express) para a plataforma .net
A propósito tb, há uma versão FREE do sw proprietário SQL SERVER para bancos de dados.
A propósito, o OPENXML, padrão de documento adotado no Office 2007 é padrão ISO desde o ano passado. o OpenOFFICE e o BROFFICE suportam este padrão.

O padrão OpenXML (docx, xlsx, pptx) foi criado pela Microsoft e é de domínio Público, isto é, é um PADRÃO LIVRE!!!
Há diversos projetos OPENSOURCE hospedados pela Microsoft  em www.codeplex.com

Sugiro a você, caro leitor, visitar o site PORTA25 (OpenSource LAB da Microsoft Brasil) http://porta25.technetbrasil.com.br , e ler, em especial, ESTE POST:

http://porta25.technetbrasil.com.br/porta25/Default.aspx?tabid=53&EntryID=273

Existem alternativas LEGAIS.

É só buscar.

Com certeza não será o caminho mais fácil, mas será o mais correto.

ABAIXO OS XIITAS! Sai pra lá, Aiatolá!

Open source é bom? Sim… é bom TAMBÉM.

Software Proprietário é bom? Sim… é bom TAMBÉM.

 

Tudo depende do ROI.

Que deve ser calculado com muuuuuuuuuuuuito cuidado 😉

 

 

my 2 cents!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s