MSIO – Infrastructure Optimization : Linhas gerais

O processo MSIO tem como objetivo mapear a maturidade em tecnologia de informação (TI) a fim de que esta seja utilizada para suportar e fomentar negócios em uma empresa.

O mapeamento é realizado a partir de três modelos:

  • Core Infrastructure: onde são mapeadas a maturidade das competências de infra estrutura. Tem como objetivo otimizar os recursos de infra estrutura disponíveis. Entre as competências desse modelo estão:
    • Gerência de identidade e acessos;
    • Gerência de Servidores, dispositivos e estações de trabalho;
    • Segurança e rede;
    • Proteção e recuperação de dados.
  • Business Productivity: onde são mapeadas a maturidade das competências de negócios. Tem como objetivo otimizar os processos de trabalho com base na tecnologia. Entre as competências desse modelo estão:
    • Comunicação unificada;
    • Colaboração;
    • Gerência de Conteúdo;
    • Buscas / Pesquisa;
    • Business Intelligence;
  • Application Plataform: onde são mapeadas a maturidade das competências da plataforma de aplicações. Tem como objetivo otimizar o planejamento e desenvolvimento e manutenção das aplicações usadas para suporte ao negócio. Entre as competências desse modelo estão:
    • Experiência do usuário;
    • Business Intelligence;
    • SOA (Services Oriented Architecture – Arquitetura orientada a serviços) e processos de negócios;
    • Gerenciamento de dados;
    • Desenvolvimento;

Em cada um dos modelos, as competências são classificadas em quatro estágios:

  • Básico: Onde a competência tem características reativas, com baixo ou nenhum planejamento e direcionada a resolução contínua de problemas. Neste estágio, a competência colabora para que o modelo seja um “gerador de custo”.
  • Padronizado: Neste estágio, a competência tem características reativas, orientada à requisições e uma incipiente gestão de mudanças.
  • Racionalizada: Neste estágio a competência tem características proativas e orientadas à Qualidade. Neste caso, a competência colabora para que o modelo seja “gerador de lucro” ou “fomentador de negócios”;
  • Dinâmico: Neste estágio, a competência tem características proativas, orientadas à qualidade, agilidade com redução/otimização de custos e melhoria contínua.

clip_image001

Figura 1 – Sumário do processo MSIO

 

Maiores informações : http://www.microsoftio.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s