Polifonia

image

Sobre a polifonia nessas imagens

O contexto do quadro de Velázquez remete, além das regras da escola artística barroca, a uma subordinação do artista à realeza, mesmo contento as mensagens subliminares de que, o artista é membro efetivo da cena e merece o seu devido destaque pois se ‘inclui’ na intimidade da família real.

Os ícones dessa intimidade retratam – ainda que de forma tímida – quem ‘manda no pedaço’, a saber, o casal real refletido no espelho no ponto de fuga à esquerda e a pequena princesa ao centro da tela. As principais mensagens enviadas ao longo dos séculos por esta pintura foram devidamente captadas pela releitura dessa mesma cena realizada em 1957 por Pablo Picasso, a saber, do agregado não compromissado à porta da saída do atelier, da anã gananciosa, dos parasitas religiosos que se aplicavam em cuidar dos infantes talvez devido ao conforto proporcionado pela corte e suas possíveis confabulações sobre os circundantes, o garoto impertinente que insiste em ‘reinar’ com o pobre cão que estava alí apreciando o movimento além da própria posição estratégica e enaltecida do pintor (Velázquez) no quadro original.

Picasso, valendo-se do expressionismo (ou cubismo – não consegui distinguir o melhor encaixe para a releitura) ressalta a aparência horrenda da anã gananciosa, a função insossa dos religiosos responsáveis pelo cuidado da infanta, a figura disforme do agregado à porta, o garoto impertinente. Picasso, provavelmente pela raiva – ou paixão – que lhe motivava na maioria das vezes superlativou a percepção da importância de Velázquez e sua obra. Talvez quisesse ele endossar o desejo contido do mestre barroco de ter sua posição efetivamente reconhecida em meio a tantas mediocridades que eram, naquele tempo, enaltecidas.

Picasso tenta, em sua releitura do quadro de Velázquez, reproduzir todos os elementos de desenho existentes em suas devidas posições com a sua própria visão das importâncias ou ênfases da mensagem original.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s