Qual o tamanho do seu sonho? Quer pagar quanto por isso?

Cuidado com as coisas que você deseja! Elas podem (e vão) acontecer!.

Todos os dias somos atordoados com um tanto de expectativas (muitas vezes frustradas) de realização, sucesso, vitória.
Compramos um bilhete da mega-sena na vã esperança de que isso de certa forma mude a nossa vida de algum jeito, para um patamar melhor. [sic]
Achamos que a grama do vizinho é sempre mais verde. Que seria mais feliz se estivesse em alguma outra empresa com um Ticket-Restaurante (vulgo Vale-coxinha) mais farto ou com um plano de saúde da Golden Cross, ou ainda, numa posição de gerente ou diretor de uma multinacional dessas que sugam o sangue e a vida particular de todos os seus empregados.
O fato é que nunca estamos satisfeitos com nosso Status Quo. Normalmente não refletimos e não reconhecemos que fomos nós mesmos quem decidimos ficar onde estamos.
Inconscientemente desejamos e fazemos de tudo para nos perpetuar na desgraça das frustrações causadas por nossas expectativas elevadas e com isso, colocamos todas as culpas na “situação”, no “governo” ou no “mercado”.

O mar não está mesmo pra peixe…

Isso é verdade! O mar hoje parece que está repleto de tubarões, e nós, meras sardinhas, esperamos o dia em que – milagrosamente – nos tornaremos um desses tubarões.

agora é a parte da notícia ruim…

Você não é um tubarão. E nunca será!

a notícia boa é…

O fato de você não ser um tubarão não é necessariamente ruim!
Nós temos a tendência de nos prender em nossa zona de conforto. Mas esperamos ardentemente que um milagre nos coloque na posição desejada… e ficamos lá, esperando, esperando, esperando… [sic]
Quem espera sempre alcança?
NÃO!!! Quem espera fica lá, parado, esperando, na mesma posição onde NADA e NINGUÉM vai notar!
A verdade é que só alcança alguma coisa QUEM SAI DO LUGAR E SE MOVIMENTA!

  • – Ah, mas meu emprego é ruim mas paga as minhas contas…
  • – Ah, eu não faço o que gosto, mas tudo bem, isso pelo menos paga a prestação do carro…
  • – Ah, eu venho aqui todos os dias, já me acostumei.

O fato é que a expectativa é a mãe de todas as frustrações.

Nossas realizações são, naturalmente, medianas. Todo mundo, na média, faz as mesmas coisas, consegue as mesmas vitórias, tem os mesmos resultados e agem da mesma forma.
Se há uma fórmula da felicidade, esta deveria ser F = R – E, onde F é a felicidade, R são as realizações e E é a famosa expectativa. Nem precisa ser muito esperto (até eu consegui) para saber que se as Realizações são menores que as Expectativas, a conta da felicidade vai dar negativa.
Inconscientemente desejamos a frustração e sem perceber marchamos a passos largos rumo à completa angústia de nunca estarmos satisfeitos, e para piorar, culpamos os outros.

A culpa é minha e eu coloco ela em quem eu quiser! (Homer Simpson)

Reconheça-se: Se você é uma das inúmeras sardinhas, mude suas expectativas e deixe de sonhar em ser tubarão! Sonhe em ser uma excelente e inesquecível sardinha. Pode parecer besteira, mas é justamente quando conseguimos determinar expectativas REALISTAS sobre nós mesmos é que teremos o poder de conseguir a tão almejada FELICIDADE.

 

Foto 2012-10-25 07.11.50 PM

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s